Cidade APAGUE ESTA IDÉIA

20/07/2017 às 12:38

Autor: Amaury Dantas
Fonte: Assessoria de Comunicação

O dia 15 de Julho de 2017 foi marco inicial do processo proibitivo das queimadas em Mato Grosso, onde se estenderá até o próximo dia 15 de Setembro de 2017, no entanto, de acordo com o governo, em função das condições climáticas o prazo de proibição se estenda possivelmente até o mês de Outubro, segundo instrução da Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SEMA.

A mobilização de combate às queimadas e incêndios florestais, através de um plano integrado de ações e prevenção, foi lançado no dia 12 de Julho de 2017, também serão lançadas paralelamente, segundo a SEMA, campanhas de intensificação e fiscalização ao desmatamento ilegal.

A Prefeitura de Mirassol D’Oeste, orienta a população para os riscos causados pela baixa umidade do ar, comum nesta época do ano, onde é necessário muita atenção com o manuseio de objetos condutores de produtos combustíveis como isqueiros, fósforos, pontas de cigarros lançadas aleatoriamente em locais onde a vegetação está mais propensa à geração de fagulhas, a exemplo das estradas vicinais, estaduais e federais, como também, a queima de entulhos em pontos que possibilitam consideravelmente o alastramento do fogo, onde possivelmente venha causar um grande problema e prejuízos inestimáveis aos patrimônios públicos e particulares.

Os Municípios da Região Vale do Jauru, não contam com um serviço especializado no combate ao fogo, isto torna a área extremamente vulnerável nesse sentido. Em meados de 2016 foram feitas algumas reuniões entre o Comando do Corpo de Bombeiros / Cáceres e a Prefeitura de Mirassol D’Oeste, no sentido de um estudo pra implantação de uma unidade da corporação no município, foi disponibilizada uma área para a construção de uma base do Corpo de Bombeiros, no entanto, as negociações junto ao governo do estado para implantação do serviço que daria suporte a todos os municípios da região encontra-se em letargia, o custo do investimento para a construção da Unidade Corporativa do Corpo de Bombeiros em Mirassol D’Oeste, gira em torno de R$ 11 milhões. 

Nos primeiros seis meses do ano, o Estado registrou 5.165 focos de calor, 23,8% a menos que no mesmo período em 2016, que atingiu 6.785 focos de calor, na Amazônia Legal, a redução atingiu 41%, com decréscimo de 19.170 para 11.296 focos de calor no mesmo período. Estes dados estatísticos indicam que os índices da umidade relativa do ar, está variando entre 20% e 30% em algumas regiões do Estado, o que classifica uma situação de alerta, muito prejudicial à saúde. Mato Grosso está no topo do ranking entre os Estados com mais descontrole de queimadas no pais, seguido de Tocantins, Maranhão e Pará.

O Governo de Mato Grosso está investindo cerca de R$ 3 milhões entre recursos do Comitê do Fogo, que é presidido pela SEMA e Corpo de Bombeiros. O valor representa quase o dobro dos investimentos do ano passado.  

Enquete

O que você está achando do novo portal da Prefeitura ?
Ver resultados
Copyright©2015-Todos os direitos reservados
Prefeitura Municipal de Mirassol D'Oeste - MT
Desenvolvimento:
www.mpxbrasil.com.br

webmail

Acesse seu aqui o seu e-mail através do Webmail.