Cidade "MOSCA DO ESTÁBULO" provoca prejuízos a agricultores e pecuaristas

28/06/2018 às 12:36

Categoria: Administração
Autor: Nilomar Cunha
Fonte: Assecom

O Secretário de Desenvolvimento Sustentável de Mirassol D’Oeste José Renê Vieira de Souza, médico veterinário requer medidas por parte de agricultores e pecuaristas, no combate a mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans), que continua a ameaçar o gado por no município. “Em 2015, por determinação do Ministério Público Estadual, houve participação do Sindicato Rural, Prefeitura do município e da empresa Usina destiladora de álcool (COOPERB) de uma Comissão para elaboração de medidas preventivas de contenção sanitárias,” lembra o Secretário.

Apesar de atingir outros animais, os bovinos são os mais afetados pelo inseto, com perdas de 10% a 30% no ganho de peso e até 50% de redução na produção leiteira, causando enormes prejuízos aos produtores.

A mosca-dos-estábulos é um tipo de mosca que se alimenta do sangue de animais de animais, tornando suscetível a doenças, causando feridas, transmitindo doenças e até levando a morte.

Os surtos aumentam devido à expansão da produção de cana-de-açúcar e pela proibição de sua queima. O inseto, que antes botava seus ovos na palha seca umedecida por fezes e urina dos animais nas áreas de alimentação e abrigo, encontrou no material descartado na colheita da cana local propício para se reproduzir.

Pesquisas recentes mostram que a torta de filtro (resíduo sólido da filtragem do caldo da cana-de-açúcar) e a palha da cana misturada com a vinhaça ou vinhoto (resíduo da destilação do caldo fermentado durante a produção de álcool) são os principais locais de desenvolvimento e multiplicação de moscas nas referidas lavouras de cana-de-açúcar.

Surtos da mosca-dos-estábulos também podem ocorrer sem a participação das usinas canavieiras. Resíduos de suplementação alimentar (ração, silagem, feno, etc.), misturados com dejetos animais, são excelentes ambientes de desenvolvimento da mosca nas propriedades rurais, proporcionando a infestação dos rebanhos e servindo de fonte de dispersão das moscas para multiplicação nas lavouras de cana pós corte.

Ações recomendadas para controle da população das moscas dos estábulos:

1. De modo geral, boas práticas sanitárias devem ser adotadas na propriedade. A higiene local através da limpeza sistemática de dejetos animais e resíduos alimentares é fundamental, principalmente em sistemas de confinamento e produção leiteira;

2. Após sua remoção, dejetos e resíduos orgânicos devem ser adequadamente armazenados e tratados (compostagem);

3. A utilização de cal virgem nesse material é uma prática que tem se mostrado eficiente, pois cria um ambiente inadequado para o desenvolvimento das larvas;

4. Recomenda-se, sempre que possível, cobrir o material com plástico/lona preta para matar as larvas existentes e impedir novas posturas;

5. Eliminar o uso de cama de frango em áreas consideradas de risco (entorno de usinas sucroalcooleiras). Outros adubos orgânicos devem ser evitados e sua utilização deve ser monitorada com relação à presença de larvas;

6. Evitar o acúmulo de umidade próximo a locais de armazenamento de resíduos e dejetos, realizar a drenagem do terreno, eliminar vazamentos nos bebedouros, reservatórios de água e eliminar a água de esgotos caseiros;

7. Utilização de armadilhas de moscas (armadilha de bola), recomendadas pela EMBRAPA, para o monitoramento e captura massiva dos espécimes adultos;

8. Fazer monitoramento contínuo da população de moscas na propriedade rural; e

9. Usar, quando necessário, inseticidas que sabidamente tenham eficácia comprovada, na dosagem correta, com origem reconhecida e registro específico para utilização em animais.

Uma sugestão é realizar a compostagem dos resíduos, com posterior utilização como adubo. Ações complementares incluem também o controle de vazamentos e drenagem do terreno para evitar empoçamentos, particularmente próximos a cochos. Estas medidas são de baixo custo e contribuem significativamente na redução da população da mosca-dos-estábulos.

Enquete

O que você está achando do novo portal da Prefeitura ?
Ver resultados
Copyright©2015-Todos os direitos reservados
Prefeitura Municipal de Mirassol D'Oeste - MT
Desenvolvimento:
www.mpxbrasil.com.br

webmail

Acesse seu aqui o seu e-mail através do Webmail.